ISP Saúde Blog

Coronavírus e Estética: quais cuidados devem ser tomados

A rotina nos estabelecimentos mudou bastante desde o anúncio da pandemia de COVID-19. Na área da beleza podemos reparar uma queda expressiva na quantidade de clientes que ainda estão frequentando os estabelecimentos. Para que você continue de portas abertas (até segunda ordem) e realize os serviços, confira quais cuidados devem ser tomados nas clínicas de estética para combater o Coronavírus!

 

890ebaef0799141cad2cbc61cf08112b4dfd0f8c

Siga as recomendações da Anvisa

Para evitar a transmissão do vírus COVID-19 nos centros de estética, os profissionais devem seguir a risca todas as exigências da ANVISA com relação às normas de biossegurança.

Como o esteticista pode se precaver contra a COVID-19

Para os profissionais de estética o uso de EPI’s (luvas, máscaras, toucas descartáveis, óculos de proteção, jaleco e calçado fechado) são indispensáveis para bloquear a transmissão do coronavírus. Entre um cliente e outro é recomendado lavar muito bem as mãos.

O descarte correto dos materiais também é uma medida importante que garantirá não só a higiene, mas também a segurança da clínica e de seus profissionais. Essas táticas, embora destinadas para o novo coronavírus, também ajudariam a conter outras enfermidades contagiosas e tão ameaçadoras quanto ele.

Quais cuidados devem ser tomados na clínica de estética

É imprescindível que o ambiente esteja o mais limpo possível para diminuir o risco de contaminação do COVID-19. Para isso pode-se usar álcool 70% para assepsia de materiais e bancadas de trabalho. Lembre-se de aplicar o produto com papel toalha ou uma gaze de algodão, e fazer o descarte em seguida.

Esterilização dos materiais e equipamentos

Produtos: o ideal é usar materiais devidamente limpos e assépticos ou descartáveis para retirar o produto da sua embalagem;

Maca: antes de fazer a troca do lençol descartável, deve-se aplicar álcool 70% na superfície da maca;

Equipamentos: com um algodão umedecido com a solução antisséptica, friccionar por no mínimo 30 segundos por toda a extensão do acessório que entra em contato com a cliente (eletrodos, manoplas, canetas, etc.);

Procedimentos: é muito importante a assepsia das mãos do cliente antes de iniciar o tratamento, para evitar contaminação.

Quando não for possível usar materiais descartáveis, dê preferência aos autoclaváveis, como, por exemplo, os pincéis para peelings químicos autoclaváveis.

Importância da biossegurança

Manter uma boa imagem em relação à biossegurança na atuação profissional, funciona também como um diferencial para o esteticista, que reforça o seu compromisso com a saúde do cliente e o seu próprio bem-estar.

Como evitar os prejuízos causados pelo Coronavírus

Ainda que você tome as devidas providências, saiba que é praticamente inevitável que o seu negócio saia ileso da crise causada pelo Coronavírus. Para que os danos sejam minimizados o ideal é que você tenha um plano de contingência.  Confira aqui no blog mais matérias relacionadas ao assunto.

 

Fonte: Universidade da Beleza

Postado em: Estética, Geral, Saúde e Bem Estar
Compartilhe:

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *