ISP Saúde Blog

Como montar uma clínica de fisioterapia

Como montar uma clínica de Fisioterapia

Você deve estar com aquela sensação maravilhosa de saber que em
pouco tempo será dono do próprio negócio, e com ele poderá: ter
autonomia para trabalhar, decidir sua agenda, escolher sua equipe de
trabalho, além de fazer o que gosta e conquistar sua independência
financeira, incrível não é mesmo?


Mas antes da abertura deste maravilhoso empreendimento, você precisa
se planejar, atender a algumas regras e requisitos que são essenciais para
o perfeito funcionamento da sua clínica.


Elaboramos um planejamento detalhado e empreendedor que podem ser o
diferencial do seu empreendimento, confira.


Conheça o mercado
Como montar uma clínica de Fisioterapia
Sem chance de montar um negócio sem conhecer exatamente este
mercado. Esteja atento às necessidades e avanços dele. Mapeie os
concorrentes e estude a demanda e potencial de clientes na sua região de
atuação. Pesquise outros consultórios similares, como funcionam, como é
o paciente.


Observe o local escolhido para abrir sua clínica, a vizinhança, que tipo de
pessoas passam por ali, o que fazem, o que buscam. Avalie se realmente
os seus serviços vão atender a necessidade daquele público, ou se este
mercado já está saturado e você precisa inovar, buscar conhecimento em
outras áreas.


Pondere o que realmente vale a pena oferecer como tratamento. Avalie seu
retorno financeiro e também de que maneira você pode apresentar de
outra forma um tratamento que é tradicional. Estude, leia, pesquise e se
dedique.

Conquiste seu paciente
Eis aí o ponto mais importante do seu negócio: a satisfação dos seus
pacientes. Sabe aqueles detalhes que fazem toda a diferença na arte de
conquistar pacientes? Pois bem, você precisa fazer.

Geralmente os pacientes sofreram algum trauma e estão sensíveis quando buscam uma clínica de Fisioterapia, ou até mesmo para realizar procedimentos estéticos e quem sabe também para relaxar, fazendo aulas de Pilates.


O que importa é que você precisa oferecer um atendimento humanizado o
tempo todo, ter empatia e cordialidade, na verdade, isso deve ser
trabalhado com toda a equipe da clínica. Pessoas gostam de atenção, de
cuidado.


Quando o paciente busca seu serviço, além dele separar aquele precioso
tempo para se cuidar, ele deseja relaxar, sair da sua clínica revigorado, por
isso você precisa proporcionar essa sensação de bem-estar neste tempo.
Crie um ambiente agradável, que tenha suco, água gelada, chá, café e uma
uma música suave.


O cartão fidelidade também é uma boa pedida para fidelizar pacientes que
mais consomem seus produtos e serviços. Use também o agendamento
online para facilitar. Esteja atento ao aniversário de seus pacientes e crie
pacotes personalizados com algum mimo.

Esteja atento à legislação
Para abrir um clínica de fisioterapia, é fundamental você seja um(a)
fisioterapeuta, pois a legislação em vigor exige que clínicas de fisioterapia
sejam dirigidas por um fisioterapeuta, que exercerá a atividade na
qualidade de responsável técnico, devidamente habilitado para o exercício
das funções.


O exercício da atividade na área de fisioterapia é permitido somente aos
portadores de habilitação profissional, pois esta atividade de saúde é
regulamentada pelo Decreto-Lei 938/69, Lei 6.316/75, Resoluções do
COFFITO, Decreto 9.640/84, Lei 8.856/94.

Tratando-se de Pessoa Jurídica:
A) Responsabilidade Técnica pelo serviço da empresa perante o Conselho
Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional – CREFITO;
B) Comprovação do registro do profissional no Conselho Regional de
Fisioterapia e Terapia Ocupacional – CREFITO;

Tratando-se de Pessoa Física:
A) Registro do Profissional no CREFITO;
B) Cadastramento do seu consultório no CREFITO.
No caso de dúvidas e maiores informações, você pode consultar o
Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da sua região, no
site do COFFITO está disponível a relação de todos os conselhos regionais
no Brasil.


Também é necessário registros, alvarás e documentos para a operação da
sua clínica. Veja lista de alguns itens que você deve verificar:

  • Registros junto à Receita Federal, para obtenção do CNPJ.
  • Registros na Junta Comercial e Receita estadual, para obtenção da
    inscrição estadual.
  • Registros junto a prefeitura, para obtenção do alvará de localização e de licença sanitária.
  • Enquadramento no Conselho de Classe.
  • Autorização do Corpo de Bombeiros e alvará de segurança.
  • Cadastro Municipal de Vigilância Sanitária (CMVC), do Sistema Estadual de Vigilância Sanitária (Sevisa).
    Clínicas, consultórios e studios de Pilates têm a obrigação de seguir as
    normas da Anvisa, a qual é responsável por registros e fiscalização.

Defina seus serviços
As áreas de atuação na Fisioterapia são amplas, desde
da fisioterapia clínica, estética e beleza, studios de pilates, e outras.
A definição dos seus serviços vai estar relacionada a sua área de
especialização, bem como a sua experiência.


É interessante você pesquisar os tratamentos que estão em alta no mercado e como você pode oferecer em sua clínica de uma forma atrativa, se diferenciando dos demais.


Considere o público que você irá atender, se jovem, se idoso, criança, quais
são as necessidades de cada classe e crie serviços específicos para eles.


Ah..independente de sua área de atuação, não esqueça de manter-se
sempre atualizado, se antecipe às novidades, participe de congressos, siga
profissionais renomados na área, seja antenado às novas tecnologias e às
tendências do seu segmento. O mercado é exigente e você precisa ir além
das expectativas.


Potencialize seu portfólio
Momento de colocar o Marketing em ação! Use e abuse das mídias sociais
para potencializar seu portfólio. Faça vídeos curtos falando sobre
diferentes tratamentos, mostrando antes e depois dos pacientes, responda
dúvidas, indique artigos interessantes sobre saúde.

Dê dicas caseiras. Mostre os bastidores da clínica, organize eventos para pacientes fiéis. Crie promoções e divulgue pelo WhatsApp. Cadastre sua empresa no Google Meu Negócio e faça anúncios em sites como OLX e Mercado Livre.


Se achar que vale a pena, você também pode apostar na elaboração de
folders e flyers apresentando seus serviços e pacotes com um desconto
atrativo para distribuir em locais de grande fluxo de pessoas.


Tecnologia a seu favor
Um bom equipamento faz toda a diferença no tratamento. Equipamentos
modernos, com diferentes tecnologias não faltam neste mercado. É
preciso buscar uma empresa que te oriente sobre os principais
equipamentos para montar sua clínica (dependendo do porte dela) bem
como o que está em alta entre os pacientes e quando você terá o retorno
do seu investimento.


O ISP Saúde, por exemplo, empresa que está no mercado há 25 anos e é
especializada em comercializar produtos e equipamentos para os
profissionais de Fisioterpia, faz todo esse planejamento, além de oferecer
o suporte pós-vendas para qualquer dúvida do profissional.


Lembrando que as tecnologias deste segmento evoluem a cada dia, então
quando você for adquirir os aparelhos, os consultores especializados do
ISP Saúde irão te informar do que está em alta e é tendência no mercado
naquele momento.


Aposte na divulgação
Organize um evento para lançar sua clínica, pode ser algo simples, mas é
muito importante você anunciar que chegou e a que veio. Convide
influenciadores digitais para o evento. Divulgue em jornais e rádios de sua
cidade, e claro, nas redes sociais da clínica.


Na sequência, para atrair mais pacientes, você pode realizar parcerias com
convênios, entidades e com negócios que prestam serviços
complementares, promoções e programas de fidelidade.

Postado em: Fisioterapia
Compartilhe:

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *